Legendas, são importantes em cinemas, teatros e shows. 

Tutorial

1 – Neste tutorial, estaremos ensinando como criar legendas simples, através do “Notepad” ou “Bloco de Notas”, sem adição de cores e qualquer tipo de personalização das fontes.

Primeiro, abra o “Notepad” ou “Bloco de Notas” e salve seu arquivo com a extensão .srt em UTF-8, principalmente se for usar caracteres especiais.

Como adicionar legendas no seu vídeo.

2 – Veremos em detalhes como criar legendas no formato SubRip (.srt), conforme segue neste modelo fácil de aprender.

1.
00:00:20,000 –> 00:00:24,400
Ola?

2.
00:00:24,600 –> 00:00:27,800
Ola?!
Qual o seu nome?

a. Inicie a primeira linha com o número 1.
b. Agora, coloque os tempos onde iniciam e terminam as legendas.
c. O time code: 00:00:20,000
Formato em: horas, minutos, segundos e milisegundos.

Você, eventualmente, pode dar uma olhada no vídeo em milisegundos no Windows Movie Maker, enquanto mantem o “Notepad” ou “Bloco de Notas”aberto.
Certifique-se de abrir ambos os programas.
Para facilitar o trabalho, na barra de tarefas, pressione Ctrl click em qualquer guia do programa, selecionando “Mostrar janelas lado a lado”.
Agora, coloque espaço entre as linhas.
Repetir cada passo até terminar todas as linhas. Não esquecer de salvar.

3 – Depois que você terminar, poderá ver as legendas na maioria dos “media players” desde que as legendas e os vídeos tenham os mesmos nomes, mas extenses diferentes. E os arquivos estejam localizados na mesma pasta. Isto é conhecido como softsubbing, o que faz com que o material bruto fique intacto.

Legendas em todos os formatos

4 – Você também pode de subir seu arquivo .srt no Youtube, adicionando as legendas por lá.

Legendas no Youtube

Se você ouve bem, talvez nunca tenha pensado em usar Legendas ou Closed Caption em seu documentário, filme, vídeo institucional, comercial ou talvez,  tenha apenas lido legendas em filmes estrangeiros. Por outro lado, se você faz parte dos quase 10 milhões de brasileiros com problemas auditivos, não é com as legendas que está preocupado. É com a falta delas.

Nota do editor: Este post foi originalmente publicado em 29 de Abril de 2014, porém agora ( 2017 ), completamente renovado e atualizado.